Os adolescentes brasileiros têm ido cada vez mais aos cirurgiões plásticos. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), do ano de 2019 a 2021, houve um aumento de 141% no número de cirurgias plásticas realizadas em adolescentes da faixa etária de 13 a 18 anos. Essa alta procura fez com que o Brasil ultrapasse o Estados Unidos no ranking que contabiliza os números dos procedimentos estéticos desse grupo.

Essa busca por melhorias nos padrões estéticos traz à tona questões relacionadas à autoestima dos adolescentes e, até mesmo, à importância de buscar médicos especialistas que vão analisar cada caso com a atenção e a ética que uma cirurgia plástica realizada nessa fase da vida exige.

Quais as cirurgias plásticas mais procuradas pelos adolescentes? 

O grande número das cirurgias plásticas nos adolescentes pode ser explicado devido à adolescência ser uma fase complexa  da vida. Durante esse período, os adolescentes passam por diversas transformações no aspecto físico e psicossocial, como por exemplo a aceitação do corpo, ser aceito ou inserido em um grupo de pessoas e/ou desenvolvimento de relações com pessoas da mesma idade e gênero.

Em meio a essas mudanças, os jovens buscam melhorar a autoestima, a autoimagem e também uma possível aceitação social por meio das cirurgias plásticas. E entre as mais procuradas nos consultórios clínicos estão:

  • Prótese de silicone;
  • Lipoaspiração;
  • Rinoplastia;
  • Otoplastia;
  • Ginecomastia;
  • Redução das mamas.

Quais as recomendações para a realização das cirurgias plásticas pelos adolescentes? 

A alta procura pelo corpo ideal fez com que a cirurgia plástica fosse a solução e o objetivo a ser alcançado para que os adolescentes fossem aceitos nos grupos sociais. A partir disso, é importante os pais ficarem atentos aos desejos estéticos dos filhos.

É possível realizar a cirurgia plástica na adolescência, mas é necessário um diálogo entre o adolescente, pais, cirurgião e, em alguns casos, um psicólogo. É importante discutir todos os passos do procedimento e, principalmente, tirar dúvidas. Além disso, há outras recomendações que podem ser seguidas:

  • Mamoplastia de aumento, somente a partir dos 18 anos;
  • Botox e preenchimentos, somente com a apresentação de recomendação médica;
  • Não é recomendado lipoaspiração, é preferível indicar uma reeducação alimentar;
  • Para tratar a acne não é necessário cirurgia, há procedimentos como peeling químicos e laser que podem resolver o problema;
  • Rinoplastia em casos específicos, para mulheres a partir dos 15 anos e os homens aos 17 anos;
  • Procure um médico especialista em cirurgia plástica e que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cirurgia de plástica em Brasília 

O Dr. Rafael Quaresma é médico formado pela Universidade Católica de Brasília (UCB). É Membro especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), sendo especialista em cirurgias plásticas no geral, cirurgias reparadoras e de contorno corporal pós cirurgia bariátrica. Agende sua consulta.

 

 

Leia também

Outros posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu